Loading...
Skip to Content

3 a 6 de setembro

Obra-ferida aberta

INSTALAÇÃO: Camposaz, Joana Sá e Luís J Martins

LOCAL: Obra — Poço da Broca
ACESSO: Difícil
VISITA LIVRE

No Poço da Broca “foi escavado um novo canal para desviar a ribeira do seu percurso original, sendo o antigo leito aproveitado para a agricultura devido à maior fertilidade dos seus solos.” “Obra” é o nome que a comunidade fradiguense dá ao meandro abandonado ou, por outras palavras, às terras que ocupam aquele que era o antigo leito do rio.

A instalação obra-ferida aberta é composta por um conjunto de seis ‘entidades' - próteses poéticas - que, dispostas em linha reta, expõem a naturalização da paisagem fracturada. A prótese poética não corrige a fractura, de forma a estabelecer a ordem previamente estabelecida...

Prótese como criação que
abrindo, abre
capta

Com exceção da instalação no Bar do Largo da Fonte, todas as atividades ocorrem ao ar livre.